Museu de Silgueiros – Viseu | Museu Etnográfico

 

O Museu de Silgueiros nasceu a brincar. Em 1978.

Uma peça hoje, outra amanhã, devagarinho… Juntaram-se, assim, milhares, que são conservadas com todos os cuidados, para que possam viver, com saúde, pelo menos tantos anos como os que já tinham quando chegaram a esta casa.

Gostamos muito delas, sobretudo das que são mais significativas do viver, do sentir, do sofrer, de quem delas se serviu, as criou ou construiu.

Trata-se de um museu etnográfico, isto é, aqui se reúne documentação capaz de ser memória de um povo, da sua vida, do seu modo de ser, de sentir e agir. Neste caso, falamos do Povo Português, particularmente, do da região de Viseu.

Os muitos milhares de peças do seu acervo estão sempre disponíveis para os visitantes em geral, mas também para os estudiosos da área da Etnologia.

São inúmeras as coleções existentes neste museu: A vestimenta (exterior e interior) | Os complementos do traje (sombrinhas, bolsas de senhora, luvas, lenços, óculos, lunetas, lornhons, monóculos, caixas de óculos) | Os botões (de traje civil e de uniforme) | Os objectos de toucador | O ciclo do linho | O pão e o vinho | Os utensílios de diversas profissões | Utensilagem doméstica | A luminária (candeias, candeeiros, gasómetros, lampiões) | Os barbeiros, a barba e os cabelos | A religiosidade | As medalhas, as moedas e as notas | A fotografia | O tabaco, os isqueiros e os fósforos | Os brinquedos infantis | Os instrumentos musicais da tradição popular | A casa de habitação | A história local.

Objectos em exposição: A colher de torga, a cédula particular, a tesoura das luvas, a peça da perdição, a jarra para vinho, o avental tapa crica, a chávena do bigode, o furador de louça, o botão de unha, o lenço de vénus, o banco parideiro, …

A Biblioteca: paralelamente, o museu dispõe e disponibiliza uma rica biblioteca da especialidade, constituída por alguns milhares de títulos e de muitas dezenas de dossiês temáticos formados com os recortes de revistas e jornais que a leitura diária considerou de interesse para a temática a que se dedica: a Antropologia Cultural.

A História local é o outro tema contemplado por esta biblioteca.

 

 

Tudo isto se completa com milhares de fotografias, memória e especificação do Povo que justifica a existência deste museu e o trabalho dedicado de mais de trinta anos.

 

Contactos

Telefone: 232 952 001 | Correio electrónico: museudesilgueiros@gmail.com

Horários de funcionamento: De segunda a sexta, das 10h às 17h | Aos fins-de-semana, por marcação

Fonte  (texto adaptado)