“Retratos de hoje e de antes” – Portugal no início do séc. XX

“Retratos de hoje e de antes” levam Andorra ao Portugal dos inícios de século XX

Retratos de hoje e de antes” é o título da exposição que o Grupo de Folclore Casa de Portugal inaugurou no passado dia 7 de maio, sexta-feira, no Centro Cultural La Llacuna do Principado de Andorra.

Esta exposição, integrada na semana da diversidade cultural da capital do país, Andorra la Vella estará patente ao público até ao dia 28 de maio.

Para levarem a efeito esta iniciativa, os elementos do Grupo realizaram 18 fotografias de grande formato, no museu Casa Rull, museu Etnográfico Casa Cristo e museu Casa d’Areny-Plandolit, recreando vivências das gentes do norte de Portugal de inícios do século XX.

Uma viagem pela memória dos nossos antepassados, realizada pela fotógrafa Mireia Medeiros e coordenada pela Cami Gonçalves, ambas membros do Grupo.

Entidades presentes na inauguração

Esta exposição foi visitada pela Ministra da Cultura e Desporto do Principado, Silvia Riva, pela Cònsol (Presidente da Câmara) de Andorra la Vella, Conxita Marsol, pelo Vereador de Cultura e Assuntos Sociais do Comú de Encamp, David Cruz, o empresário José Costa, o Padre Albano Fraga e muitos dos elementos do Grupo que participaram na exposição, além de outras personalidades que não quiseram perder a oportunidade de reviver outros tempos.

Na inauguração, Silvia Riva destacou que o Grupo de Folclore Casa de Portugal “soube surpreender-nos ao fundir o folclore português e os museus de Andorra”.

Por sua vez, Conxita Marsol felicitou o Grupo “pelos 25 anos e pelo trabalho, iniciativa e novos projetos”.

Além da exposição, foi apresentada também a projeção dum documental, com entrevistas aos protagonistas, e como se realizou a reportagem fotográfica, tendo emocionado muitos dos presentes na inauguração.

Ver imagens da exposição.

Semana da Diversidade Cultural

A Semana da Diversidade Cultural terminou no dia 15 de maio, sábado, com uma exposição fotográfica, em grande formato, no parque central da capital andorrana, na qual o Grupo de Folclore Casa de Portugal contribuiu com o traje “à vianesa” no mosaico de culturas que integram a mostra.

Cartaz - "Retratos de hoje e de antes" levam Andorra ao Portugal dos inícios de século XX