Livro “Memórias de Prata” editado pelo GF Casa de Portugal

“Memórias de Prata”

O livro “Memórias de Prata” foi lançado no passado dia 29 de abril, quinta-feira à tarde, pelo Grupo de Folclore Casa de Portugal no âmbito das comemorações do 25º aniversário da coletividade portuguesa sediada no Principado de Andorra.

Dadas as medidas sanitárias e as limitações provocadas pela pandemia, cerca de 80 pessoas assistiram, no Complexo Sociocultural de Encamp, ao lançamento da publicação.

Destaca-se a presença da Ministra da Cultura e Desporto, Silvia Riva, que, a propósito, afirmou que o aniversário do Grupo “é motivo de suporte incondicional por parte do Governo de Andorra”, tendo dedicado a sua intervenção “a evidenciar a grande implicação cultural do Grupo”.

Por sua vez, o Vereador da Cultura e Assuntos Sociais do Comú de Encamp, David Cruz, referiu que o Grupo “traz uma riqueza cultural à paróquia de Encamp”.

Marcaram, ainda, presença o Embaixador de Andorra, Jaume Serra e o empresário José Costa, entre outras personalidades, elementos e ex-elementos do grupo.

O livro “Memórias de Prata”, da autoria de José Luís Carvalho, diretor artístico e um dos membros fundadores do Grupo, é constituído por 800 fotografias que recolhem as vivências da entidade enquanto promotor da portugalidade em Andorra.

Contém, também, mensagens

– da Ministra Sílvia Riva,

– do Presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa,

– do Presidente da Federação do Folclore Português, Daniel Calado Café,

– do empresário de Group Nova, José Costa,

– e do presidente da coletividade, Tomás Pires de Jesus.

A publicação, escrita em português e em catalão, inclui também momentos marcantes organizados pelo Grupo, tais como as Janeiras ou o Feirão e as atividades que a entidade tem colaborado para enriquecer a oferta cultural do Principado.

Outras atividades

No âmbito das celebrações das bodas de prata do Grupo de Folclore Casa de Portugal houve, ainda, a apresentação, no dia 1 de maio (sábado), de um vídeo nas redes sociais titulado “Vamos para o festival”.

No dia 14 de maio realizou-se a inauguração da exposição “Retratos de hoje e do passado”, que recria as vivências das gentes de Portugal a inícios do século passado, inserida na Semana da Diversidade Cultural de Andorra la Vella, e que vai percorrer diferentes museus de Andorra.