O Jogo do Panelo na Feira dos Pucarinhos, em Vila Real

O Jogo do Panelo

Na noite do dia 28 de Junho, véspera da Festa de São Pedro, também conhecida, em Vila Real e na região, como «Feira dos Pucarinhos», é costume (apesar de ter caído muito em desuso), algumas pessoas, particularmente os jovens, jogarem o “Panelo”.

Este jogo consiste, basicamente, no seguinte:

Utilizando peças defeituosas de barro preto de Bisalhães, comprada ao desbarato, ou mesmo roubada, aos vendedores instalados no Largo da Capela Nova (Rua Combatentes da Grande Guerra), os participantes formavam uma roda e arremessavam uma peça de barro de uns para os outros, sem direcção nem altura certa, até que um deles não a conseguisse apanhar e esta se quebrasse ao bater no chão.

A animação era grande e maior a algazarra, pois todos procuravam distrair o jogador a quem atiravam a peça. Quem a deixasse cair era obrigado a disponibilizar outra peça, para o jogo poder continuar, até já não ser mais possível.

Antigamente, e de um modo especial os jovens estudantes do Liceu Nacional de Vila Real (hoje Escola Secundária de Camilo Castelo Branco), costumavam organizar-se de maneira a que, enquanto uns distraiam os vendedores, apreçando as peças que estavam mais longe, outros iam tirando as peças que ficavam mais perto da beira da rua.

Contam os mais idosos que as crianças, dado não terem dinheiro para comprar um «panelo» metiam-se por debaixo das compridas saias das pessoas mais velhas e surripiavam uma ou outra peça. Apesar da cumplicidade das donas das saias, eram, muitas vezes, descobertos.

Sobre a Feira de São Pedro ou Feira dos Pucarinhos

Pelo São Pedro [29 de Junho], é de costume realizar-se em Vila Real, na província de Trás-os-Montes, uma curiosa «feira», tradicionalmente chamada «feira dos pucarinhos». Tal feira é uma exposição de trabalhos regionais, não só de olaria, mas também de tecidos de linho; – aparecendo ainda à venda mantas, cobertas de cama, e coisas assim. Tudo isto proveniente de incansável indústria caseira, que ali, embora rústica, se revela artística na ideação e na execução. Ler+

 

Se quiser receber no seu email os novos artigos publicados, subscreva a nossa Newsletter!
Mantemos os seus dados totalmente privados e nunca os vamos partilhar com outros. Leia a nossa Política de privacidade e responsabilidade