Grupo Típico O Cancioneiro de Castelo Branco

 

Vai realizar-se no próximo dia 1 de dezembro de 2019, a partir das 16h, no Cineteatro Avenida – Castelo Branco, uma iniciativa para celebrar o XV aniversário do Grupo Típico O Cancioneiro de Castelo Branco, tendo como grupo convidado o Rancho Folclórico Sarnadas de Ródão.

O Grupo Típico “O Cancioneiro de Castelo Branco” foi fundado a 23 de Novembro de 2004, por um grupo de homens de boa vontade, sendo parte integrante da Associação Cultural e Recreativa, que engloba outros sectores da Cultura, Recreio e Desporto.

É constituído por cerca de 74 elementos, constituído por tocadores, cantadores, bailadores e bailadeiras, com um espírito bastante jovem.

Este Grupo de Folclore tem como principais objectivos:

– Recolher, preservar e divulgar toda a herança cultural popular da sua região (concelho).

– Defender e valorizar o património cultural em geral.

– Promover a valorização cultural e social das pessoas ligadas a ele.

– Representar, da melhor maneira possível, a cultura da nossa região, por todos os locais do continente, regiões autónomas e estrangeiro.

A música que apresenta é a música tradicional, à base de cordas, guitarra, bandolim, acordeão, bombo, reco-reco, ferrinhos, e os seculares adufes tão característicos da Beira Baixa.

Os cantares que fazem parte do seu reportório são os cantares que o povo da Beira cantava no fim dos trabalhos agrícolas, na volta para casa, na ida às Romarias do Santo de Devoção, em quadras especiais: Natalícias, Janeiras, e aos Domingos no adro da Igreja e largos, da sua aldeia. Fonte

Rancho Folclórico Sarnadas de Ródão

O Rancho Folclórico Sarnadas de Ródão é constituído por cerca de 40 elementos de várias gerações, e divulga as danças tradicionais do distrito de Castelo Branco, assim como os trajes e usos antigos da freguesia de Sarnadas e concelho de Vila Velha de Ródão. Fonte

XV aniversário do Grupo Típico O Cancioneiro de Castelo Branco - Cartaz

Sobre a antiga “província” da Beira Baixa

A Beira Baixa, uma das onze antigas províncias tradicionais determinadas em 1936, confina com as regiões da Beira Alta a norte, da Beira Litoral a noroeste, do Ribatejo, a sudoeste, da Estremadura a oeste, e do Alto Alentejo a sul. Faz fronteira com Espanha, a leste. Abrange uma área de aproximadamente 7 800 km2 e compreende 13 concelhos: 11 do distrito de Castelo Branco, um do distrito de Coimbra e um do distrito de Santarém.

O relevo é montanhoso, com destaque para as serras da Estrela e da Gardunha, embora se encontrem também extensas áreas aplanadas, como a Cova da Beira e Idanha. O clima apresenta fortes contrastes entre o Inverno, chuvoso e frio, e o Verão, seco e bastante quente. Na serra da Estrela a queda de neve é frequente durante o Inverno.

A agricultura da região tem beneficiado de empreendimentos hidroagrícolas, pelo que as culturas de regadio têm uma importância significativa, com destaque para a fruticultura. Continuar a ler