Enogastronomia do Norte de Portugal – Informações breves

Enogastronomia do Norte de Portugal

O destino turístico “Turismo do Porto e Norte de Portugal” possui uma gastronomia viva, vibrante, criada a partir dos produtos da terra e do mar, alicerçada nas tradições, usos e costumes que se perdem no tempo. São pratos que contam histórias. Um autêntico compêndio que remonta aos primórdios da nação.

Aqui, rapidamente se sente a harmonia que existe entre o mar e a montanha, fazendo realçar uma natureza pródiga, que atrai até si uma enorme variedade de públicos.

Esta região oferece um leque alargado de interessantes experiências, muitas das quais carregadas de adrenalina, complementadas por uma vasta oferta cultural, com especial destaque para a singular diversidade de tradições e festividades, ou ainda, o património classificado pela UNESCO, aliado a uma gastronomia e vinhos únicos no mundo.

Genuinidade e tradição são a base para espaços enoturísticos excecionais onde o vinho assume o papel principal. Vinhos únicos no mundo como o vinho verde e o vinho do Porto, juntamente com os vinhos do Douro, de Trás-os-Montes e Távora Varosa são o produto perfeito para harmonizar com uma gastronomia ímpar.

O Porto e Norte de Portugal é um “paraíso” de saberes e sabores ao alcance de todos.

Não deixe de provar…

… nas entradas

… o azeite, os figos e frutos secos, a noz e amêndoa, castanhas, azeitonas curadas, bolinhos de bacalhau, salada de atum, sardinhas de escabeche, bunho com molho verde, trutas de escabeche, sapateira e santola, camarão da costa, lapas, petinga, angulas, mexilhões, percebas, polvo com molho verde, pataniscas, bolas de carne, folares, empadas, pasteis folhados de carne, ovas, covilhetes…

… e nos petiscos

… a broa de Avintes, as fatias de broa de milho, a bola de pão de milho com sardinha, o bolo de pão de milho com chouriço, farinheiras de pão, presunto, chouriças e chouriço de carne, salpicão de lombo, chouriça de cebola, belouras, butelo, salpicões e chouriça de verdes quentes do fumeiro…

… as sopas

… sopa de chícharos verdes, a sopa de segada, o rancho, a sopa seca à moda do Minho, sopa seca do Douro, sopa de grelos e farinha de milho, sopa de ossos de suã, canja de galinha, caldo de nabiças e feijão-frade, sopa de feijão com couve, sopa à Transmontana, sopa de couve com feijão, caldo barrosão, sopa de peixe, sopa de sável, migas à Transmontana, migas de sarrabulho (Minho), migas ripadas à Transmontana, migas de bacalhau, papas de farinha milha e papas de sarrabulho…

… os pratos de peixe

… ensopado de enguias, Solhas secas, as várias formas de cozinhar a lampreia, trutas com presunto, trutas frias, sável de escabeche, debulho de sável, sardinhas assadas, bacalhau à Lagareiro, bacalhau à Gil Eanes, bacalhau à Gomes de Sá, bacalhau à Narcisa, bacalhau à Zé do pipo, bacalhau à Transmontana, sopa de bacalhau, pescada à Sargaceiro, pescada à Poveira, pargo assado à moda de Gonçalo Sampaio, raia de molho, lulas recheadas, polvo à Lagareiro, arroz de tamboril, arroz de marisco, filetes de polvo com arroz de netos, arroz de polvo. As caldeiradas são também diversas e muito apetitosas como a caldeirada à Pescador, ensopado de peixe, arroz de ligueirão…

… os pratos de carne

… arroz de pato, javali e lebre, perdiz com cogumelos, coelho à Transmontana, cabidela, arroz de afogado, peru assado no forno, bunho de porco, rancho à Minhota, arroz de sarrabulho, cabrito montês, caldeirada de cabrito, rojões, cozido à Portuguesa, feijoada à Transmontana, cabrito assado à Serra d’Arga, anho assado no forno, borrego, carne em vinha d’alhos, caldeirada de vitela maronesa, milhos, boletos, pastéis de chaves…

… as sobremesas

… sopa seca, barrigas de freira, bolo de mel, bolo de amêndoa, sopa dourada, molarinhos, clarinhas de fão, Bolinhol (pão-de-ló coberto), pão-de-ló de Margaride, bucho doce, aletria, doce de chavo, meias luas, mexidos, doce de jerimu, pudim de pão, rabanadas, sonhos, sarrabulho doce, torta de viana, borrachos, bolo e biscoitos da Teixeira, bola doce, charutos de ovos, cristas de galo, pitos de santa luzia, maçapães, papos de amêndoa, marmelada, composta de frutas, cavacas de Resende, as tortas de Guimarães, fatias do freixo, mel… e as maçãs, as laranjas, as cerejas e o pudim Abade de Priscos.