A Moda do Indo Eu | danças do povo português

A Moda do Indo Eu

Pensamos ser útil incluir aqui uma moda que, apesar de não ser uma dança autêntica, é muito dançada pelo povo da Beira Alta, particularmente nos arredores de Viseu.

A Moda do Indo Eu é uma moda de roda mais perto das brincadeiras e dos jogos de entretenimento do que das danças.

Maneira de bailar o Indo Eu

Posição inicial

Os pares formam uma roda de mãos dadas.

1.º passo

Andando de roda, em passo de corrida, e cantando a primeira quadra.

Quando chegam ao ai Jesus do estribilho, todos flectem os joelhos sem largar as mãos.

2.º passo

De novo formam a roda de mãos dadas.

Quando começam a cantar a segunda quadra cada um volta-se alternadamente à esquerda e à direita, batendo as palmas para o vizinho.

Quando dizem ora chega, chega, dão-se as mãos, correm todos ao centro e afastam-se ao dizerem ora arreda lá para trás.

3.º passo

Em seguida dança cada qual com o seu par.

*****

Cantador

Indo eu, indo eu
p’rá cidade de Viseu
(bis)

encontrei o meu amor
ai! Jesus, que lá vou eu.
(bis)

Coro

Ó do rus, trus, trus,
ó de rás, trás, trás!
(bis)

Ora chega, chega, chega
ora arreda lá p’ra trás
. (bis)

Cantador

O loureiro é pau verde
que racha de no a nó.
(bis)

Tu falas para quem queres
eu falo para ti só. (bis)

Partitura

Partitura de "A Modo do Indo eu"

 

Fonte: “Danças do Povo Português”, Tomaz Ribas (texto editado e adaptado)