Romarias e Festas populares em Junho

 

Dia 24

Bugiada e Mouriscada do São João de Sobrado | Valongo
Anualmente, no dia de S. João, revive-se uma tradição invulgar. São as Bugiadas e Mouriscadas, que durante uma jornada, desde bem cedo até ao final da tarde, maravilham os visitantes, com rituais, danças, guizalhada, humor, colorido e alegria. Entre os Bugios e Mourisqueiros, desenrola-se uma batalha e são várias centenas de figurantes que se envolvem na manifestação que é candidata a Património Imaterial da Humanidade. Para além dos rituais do dia de S. João, os festejos em honra do santo acontecem durante vários dias com muita diversão, noitadas e espetáculos, sempre com muito fogo-de-artifício.
local: Largo do Passal – Sobrado | GPS: 41°12’35,02”N 8°27’41,67”W

Festa de São João | Esposende
As “Festividades Sanjoaninas”, em Esposende, atingem a exuberância e o brilhantismo que a data oferece, mandando a tradição que nesta altura se façam elevar balões de papel pelos céus iluminados, se acendam fogueiras à volta das quais o povo dança e canta, se ergam arcos nos arraiais ricamente decorados e se organizem marchas populares que alegremente percorram as principais artérias das localidades. O São João significa folguedo popular, alegria e exuberância, onde não deve faltar a tradicional sardinha, a broa e verde tinto que rega as sedentas gargantas de tão festiva gente.
local: Cidade de Esposende | GPS: 41°32’3.87”N 8°46’59.42”W

Festa de São João | Marco de Canaveses
O S. João de Alpendorada é uma celebração religiosa com forte cariz profano pois, na noite de S. João, realizam-se as Marchas Populares, o momento alto das celebrações. A tradição cumpre-se, em noite de S. João, nas ruas de Alpendorada e Matos, perante milhares de pessoas, as Marchas Populares proporcionaram um desfile cheio de cor, alegria e música que anima a festa. Uma noite inolvidável, pois as Marchas Populares em Alpendorada são já uma referência nas celebrações são-joaninas do concelho do Marco de Canaveses, pela beleza e qualidade dos trajes e coreografias apresentadas. O desfile das marchas realiza-se na noite de 23 para 24 de junho. As comemorações têm também uma vertente gastronómica e musical. A organização geral do evento é da responsabilidade da Junta de Freguesia e conta com o apoio da Câmara Municipal do Marco de Canaveses.
local: Av. Futebol Clube de Alpendorada – Alpendorada e Matos | GPS: 41°05’17.6”N 8°14’57.1”W

Dia 24 ou fim-de-semana seguinte (de acordo com o calendário)

Festa de São João do Carvalhinho | Santo Tirso
Festa de carácter popular que se realiza junto à Capela do Monte de S. João do Carvalhinho, local arborizado, onde se desfruta de uma bela paisagem. Consta de arraial com iluminações, fogo-de-artifício e conjuntos típicos. A parte religiosa integra uma procissão que sai da Igreja Paroquial para a referida capela.
local: Monte de S. João do Carvalhinho – Burgães | GPS: 41°20’29.9”N 8°26’49.9”W

Dias 27 a 30

Festa de São Pedro de Cerva | Ribeira de Pena
A Festa do São Pedro é celebrada no dia 29 de junho, mas a festividade começa dois dias antes. Trata-se de uma das principais romarias do concelho e que nesta altura do ano faz parte do seu calendário festivo. O programa das festas é variado, incluindo referências de uma romaria tradicional portuguesa, nomeadamente, grupos de bombos, bandas musicais, missa e procissão solene, ranchos folclóricos e o típico fogo-de-artifício. A festa é muito animada com boas noites de folia.
local: Praça de Cerva | GPS: 41°28’25.29”N 7°50’49.75”W

Dias 28 e 29

Festa em honra de São Pedro | Vila Real
A feira de São Pedro encerra o ciclo de festas vividas em todo o mês de junho em Vila Real. É na Rua Central, defronte da Capela Nova, que a tradição é rainha, com uma importante Feira de Artesanato (barros de Bisalhães e linhos de Agarez e Mondrões). Para coroar a noite de festa, está a ser retomada uma antiga tradição tipicamente Vila-Realense: o jogo do Panelo, em que grupos de pessoas se espalham pelo centro histórico, formando rodas, atirando o panelo aleatoriamente de mão em mão. Quem deixar cair e partir, terá de pagar (ou segundo a tradição, “roubar”) outro panelo!
local: Rua Central, Largo da Capela Nova | GPS: 41.178224 N 7.446878 W

Dia 29

Romaria de S. Pedro | Cinfães
Num extenso planalto deserto e inóspito, onde aqui e acolá crescem tojos e fetos, surge surpreendente o Santuário de S. Pedro do Campo. Junto à capela, há pedras antigas e monumentos tumulares de sociedades e cultos pré-históricos, que transportam o espaço para o motivo sagrado da romaria. Poucos registos há da capela, mas sabe-se que no início do século XVII já por aqui passavam estradas medievais e já por aqui se faziam negócios. É por isso uma das maiores celebrações culturais, uma romaria de feira, de tradição e de fé.
local: Santuário de S. Pedro do Campo | GPS: 41,008386 -8,085399

Festa de São Pedro | Espinho
Ao longo dos últimos anos, a Festa de S. Pedro tem-se assumido como uma das grandes romarias do concelho. O Desfile das Rusgas a S. Pedro, a Recriação da Arte Xávega, com recurso às juntas de bois e a Majestosa Procissão que percorre as principais artérias da cidade saindo da capela, são os pontos altos desta festa que traz muita gente até Espinho. Muita música e festa de arraial são a componente profana, desta festa, mais uma vez dedicada às lides do mar.
local: Freguesia de Espinho | GPS: 41°00’00.9”N 8°38’43.9”W

Festas do concelho – São Pedro | Felgueiras
São Pedro é o santo popular e o padroeiro do concelho de Felgueiras que os felgueirenses se habituaram e gostam de festejar com pompa e circunstância. Todos os anos, vários milhares de visitantes juntam-se a esta festa, a maior romaria de Felgueiras. A Câmara Municipal de Felgueiras organiza as Festas de S. Pedro, tendo em conta a importância tradicional das festividades e o facto do dia de S. Pedro ser Feriado Municipal. Destacam-se do programa, o Cortejo das Flores, a solene Procissão, o desfile das Marchas de S. Pedro, as tasquinhas, a Feira de Artesanato e Atividades Económicas, o Concurso “Pinta”, vários espetáculos musicais, animação de rua, fogo piromusical e folclore.
local: Cidade de Felgueiras – Santa Quitéria | GPS: 41°21’57’’N 8°11’52’’W

Festa de São Pedro | Penedono
Feriado Municipal. É neste dia que todas as freguesias do concelho se reúnem em função do Desfile Etnográfico. O dia começa bem cedo com a feira anual, seguido da Eucaristia e Procissão. Mas um dos pontos altos é, sem sombra de dúvidas, o Desfile Etnográfico, onde participam todas as forças vivas do concelho, juntas de freguesia e associações. Cada um tenta retratar no desfile uma tradição, histórias e estórias, ou algo que os caracterize e pelas ruas da vila fazem festa, num misto de desafio e ao mesmo tempo de são convívio.
local: Rua Eiras de S. Pedro | GPS: 40.986563 -7,396566

Festa de São Pedro | Santa Marta de Penaguião
São Pedro é um santo popular. Este dia é também conhecido como o dia de São Pedro e São Paulo. A data é celebrada no mês dos santos populares – junho, e a tradição manda que a população festeje a data decorando as ruas com várias cores e manjericos. Bailes e marchas populares são organizados nas ruas e a música está sempre presente. Na gastronomia, a sardinha assada, o pimento, a broa, o caldo verde e o vinho são os elementos principais da festa.
local: Sobrado – Sanhoane | GPS: 41°11’55,09 7°31’55,20

Festa de São Pedro | São Pedro de Castelões – Vale de Cambra
A Festa a S. Pedro, na vila de São Pedro de Castelões, tem o seu momento alto no dia 29 de junho, marcado sobretudo pelas cerimónias religiosas. Ao longo das festividades, é ainda possível apreciar a gastronomia local da qual se destaca: os rojões à lavrador, as papas de serrabulho, o caldo verde e também os famosos vinhos verdes da região.
local: Praça de S. Pedro – S. P. Castelões | GPS: 40°49’42.85”N 8°23’52.80”W

Terceiro domingo

Festa da Senhora D’Orada | Pinheiro – Vieira do Minho
Situada no sopé da Serra da Cabreira, o que lhe proporciona uma envolvente natural de grande beleza, a Senhora da Orada insere-se na freguesia de Pinheiro, a cerca de sete quilómetros da vila de Vieira do Minho. Junto à capela, podemos deparar com uma escadaria toda em pedra, o Fontanário Arquiepiscopal, a Casa da Confraria, um coreto, um palco, um cruzeiro e no alto do monte um Calvário que tem no meio um lago e ao fundo um crucifixo de grandes dimensões. No interior da capela podemos encontrar dois altares laterais dedicados à Senhora de Fátima e à Senhora do Guadalupe e, no fundo, um retábulo que data do século XVII. Desde 1840 que a festa em honra da Senhora da Orada se realiza no terceiro domingo de junho.
local: Freguesia de Pinheiro | GPS: 416.243.409 81.024.814,17

Última semana

Festa de São Pedro | Macedo de Cavaleiros
S. Pedro é o padroeiro de Macedo de Cavaleiros, que lhe dedica o dia 29 de junho, feriado municipal com missa e procissão em sua homenagem. Tempo de calor e, em épocas passadas, tempo abundante de ceifas. Durante estas festas, a Feira de S. Pedro é, também, de grande importância, remontando esta aos anos 40, quando ranchos de ceifeiros de todo o país concluíam, vindos do sul, a Macedo de Cavaleiros, – o Concelho da Fouce como, por esse motivo, também era conhecido – a fim de oferecerem a sua mão-de-obra, em licitações disputadas pelos agricultores locais. Um excelente cartaz de espetáculos e de diversões variadas, proporciona a todos noites de festa e de divertimento.
local: Parque Municipal de Exposições | GPS: 41°32´10.38’’N 6°57’53.67’’W

Festa de São Pedro | Tarouca
No final do mês de junho, celebram-se as Festas em honra de S. Pedro (dia 29), padroeiro da freguesia de Tarouca e sede do concelho. Cerimónias religiosas, música, fogo-de-artifício e muita animação dão vida a este evento que ocorre anualmente no concelho.
local: Centro Cívico da Cidade de Tarouca | GPS: 41°1’6.57”N 7°46’34.68”W

25 de Junho a 5 de Julho

Festas de São Pedro | Póvoa de Varzim
As Festas de S. Pedro correspondem a uma semana de espetacular animação, em que a Póvoa sai para a rua. Ruas enfeitadas, rusgas, tronos, roupas brilhantes das tricanas, músicas populares, fogueiras, sardinhas e a alegria dos poveiros transformam a cidade. Milhares de pessoas divertem-se nas ruas, na noite do dia 28 até ao amanhecer e outras tantas espalham-se ao longo do percurso para verem passar a procissão, no dia 29 e assistirem nessa mesma noite ao espetáculo das rusgas, um momento único de cor e beleza.
local: Ruas da Póvoa de Varzim – Bairro Norte, Bairro da Matriz, Bairro Sul, Bairro de Regufe, Bairro de Belém e Bairro da Mariadeira | GPS: 41°22’47,727’’ N 8°45’42,856’’ W

Fonte: informações retiradas daqui

 

Facebook