Mostra Folclórica do Atlântico 2018 (Relva – Açores)

XXVI Grande Festival de Folclore da Relva – Mostra Folclórica do Atlântico

Espetáculo Principal de Gala – dia 4 de agosto de 2018 – Relva 

 

Programa

19h30 – Cerimónia de entrega de lembranças no Centro Cívico e Cultural

20h00 – Concentração no Centro Cívico e Cultural da Relva todos os Grupos participantes

20h30 – Desfile Folclórico e Etnográfico pela Rua da Guiné (lado norte) e Rua de Cima

21h00 – Abertura do XXVI Grande Festival de Folclore da Relva – Mostra Folclórica do Atlântico

21h15 – Início do XXVI Grande Festival de Folclore da Relva – Mostra Folclórica do Atlântico, no Jardim 5 de Agosto, com a participação dos seguintes Grupos:

– Rancho Folclórico da Casa do Povo do Livramento

– Grupo Folclórico da Fajã de Baixo

– Folkloric Dance Group The Iesselschotsers  Steenderen – Holanda

– Grupo Folclórico e Etnográfico de S. Pedro – Vila Franca do Campo

– Rancho Folclórico da Trofa – Entre Douro e Minho

– Grupo Folclórico Ilha Verde – Ponta Delgada

– Folklore Ensemble Bystrina – Eslováquia

– Grupo Folclórico de Cantares e Balhados da Relva

24h00 – Encerramento, seguido de convívio no Salão Cultural e Recreativo de Nossa Senhora das Neves

Organização: Junta de Freguesia da Relva e Grupo Folclórico de Cantares e Balhados da Relva

 

Poderá ver os cartazes de promoção de outros Festivais de Folclore aqui.

 

A Freguesia de Relva

A Freguesia de Relva situa-se na ilha de São Miguel, Região Autónoma dos Açores.

“A escassos cinco quilómetros a poente de Ponta Delgada, confrontando com as freguesias de Santa Clara, Arrifes, Covoada, Capelas e Feteiras, situa-se a freguesia de Relva, com cerca de onze quilómetros quadrados, já praticamente inserida na malha urbana de Ponta Delgada.

Assim denominada por ser outrora lugar de «boa erva», onde o gado se ia alimentar, foi das primeiras freguesias do concelho de Ponta Delgada a ser constituída.

A Relva tem vindo a crescer, (contando já com mais de três mil habitantes e um razoável parque habitacional, que atinge as novecentas e cinquenta moradias), mercê da sua boa localização e do facto de possuir um já apreciável número de infraestruturas, que cria uma natural apetência para aqui viver.

Freguesia caracterizada pela preservação das mais belas tradições, mantém em funcionamento muitas instituições ligadas às mais diversas actividades: culturais, desportivas, recreativas, sociais e religiosas.

Tem no Parque Empresarial dos Valados umas das suas principais zonas económicas, contando com mais de uma centena de unidades comerciais e/ou industriais.

Possui ainda na Rocha da Relva um legado precioso, deixado pelos nossos antepassados. Lugar onde ainda é possível acordar com o cantar dos pássaros e o murmúrio das ondas, constitui um bom cartaz turístico desta freguesia.” (Fonte)