Festa de Nossa Senhora das Dores – Paul – Covilhã

 

A Festa de Nossa Senhora das Dores realiza-se no primeiro Domingo de Julho, no santuário situado nas proximidades da aldeia de Paul (Covilhã – Beira Baixa). A tradição é bastante mais recente, remontando à altura das Invasões Francesas. Em 1810, o pároco e o povo da aldeia esconderam a imagem num trigal, com medo que fosse destruída pelas tropas de Massena. Como isso não sucedesse, e em agradecimento, passou a realizar-se uma romaria/festa anual no primeiro Domingo de Julho. Em 1896 foi construída uma pequena capela que seria ampliada em 1954 para o actual santuário, com escadório e sete capelas intermédias.

As festas envolvem milhares de pessoas nos atos litúrgicos que têm o seu ponto alto ao sábado à noite numa impressionante procissão de velas junto da imagem de Nossa Senhora das Dores e que percorre a distância entre o santuário e a Igreja Matriz. No domingo a imagem da Senhora das Dores regressa em procissão ao santuário e, na parte da tarde organiza-se um cortejo alegórico organizado pelos sete locais da freguesia que correspondem às sete capelas do Santuário.

Existem referências ao culto de Nossa Senhora das Dores nesta localidade num documento de 1615, mas foi ignorado nas memórias paroquiais de 1758.

O belo santuário agora existente deve-se ao entusiasmo do Padre José Santiago que nos anos 50 incentivou o povo a construir a escadaria com 7 capelinhas com imagens em tamanho natural, representando as 7 Dores de Nossa Senhora, e depois a atual capela que data de 1965.

Neste santuário existem diversas instalações de apoio a peregrinos, um Centro Apostólico, para retiros e festas familiares, e um enorme parque arborizado que convida à reflexão e meditação. Todos os sábados e domingos de tarde o Santuário está aberto para quem quiser nele orar ou simplesmente visitar.

 

Poderá também gostar de ler sobre
Romaria de Nossa Senhora da Lapa
Romaria e Peregrinação à Senhora do Faro
Romarias e Festas populares em Junho
A centenária Festa dos Tabuleiros em Tomar
Romaria de Nossa Senhora d’Agonia

A vila do Paul é uma freguesia do concelho da Covilhã com um grande património cultural. Em 1938 foi eleita como a segunda “aldeia mais portuguesa” a seguir a Monsanto.

Clique para ver imagens do Santuário, das Capelinhas e da Procissão.

Fonte: GUIA Expresso “O melhor de Portugal” – 12 – Festas, Feiras, Romarias, Rituais (texto adaptado e ampliado)