Douro Litoral – antigas províncias de Portugal

 

Região do Norte de Portugal e uma das onze províncias tradicionais. Ocupando a parte inferior da bacia do rio Douro, compreende o distrito do Porto e alguns concelhos dos distritos de Aveiro e de Viseu.

Tendo sido, juntamente com outras, criada como província tradicional portuguesa em 1936, embora extinta formalmente em 1976, a região do Douro Litoral confina com as regiões do Minho, a norte; de Trás-os-Montes e Alto Douro, a leste; da Beira Alta, a sudeste, e da Beira Litoral, a sul, sendo banhada pelo oceano Atlântico, a oeste.

Compreende vinte e quatro concelhos distribuídos pelos distritos do Porto (18 concelhos), de Aveiro (4 concelhos) e de Viseu (2 concelhos), abrangendo uma área de 3334 km2.

O rio Douro é a espinha dorsal de toda a hidrografia da região, nele confluindo numerosos rios e ribeiros. É também nas suas margens que se situam os aglomerados populacionais mais significativos, com destaque para o Porto e para Vila Nova de Gaia.

A área metropolitana do Porto concentra a maior parte da população e da actividade económica. A indústria, voltada para a exportação, constitui a principal actividade económica da região. O comércio e os serviços têm registado um franco progresso nas últimas décadas, fruto do desenvolvimento das acessibilidades e da elevação do nível de vida da população. O sector primário, com destaque para a agricultura, tem evoluído no sentido da especialização das culturas, mas a grande fragmentação da propriedade constitui um obstáculo a uma maior modernização e uma maior competitividade. Neste capítulo, são de destacar as produções de vinho verde, produtos hortícolas e frutas.

O Douro Litoral apresenta, nos seus principais pratos típicos, os rojões, habitualmente servidos com tripas enfarinhadas e sangue salteado, vários pratos de bacalhau, com destaque para os bolinhos, a mais recente, mas nem por isso menos conhecida, francesinha e as tripas à moda do Porto; lampreia, sável e sardinhas assadas; o arroz “malandrinho”, de feijão ou de legumes variados, servido com filetes de pescada fresca ou polvo; as rabanadas, o leite-creme queimado e o Vinho do Porto, entre outros.

Esta região é muito rica em achados arqueológicos de toda a ordem. Encontram-se estações da época paleolítica, dólmenes, vestígios de indústrias mesolíticas, gravuras rupestres, castros e citânias. É também aqui que se situam algumas das maiores descobertas de peças de joalharia primitiva. Salientam-se o tesouro de Gandeiro, em Amarante; as arrecadas de ouro do Castro de Laundos, na Póvoa de Varzim, e os ouros de Estela, em Vila do Conde.

Douro Litoral. In Diciopédia X [DVD-ROM]. Porto : Porto Editora, 2006. ISBN: 978-972-0-65262-1