[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Calendário Agrícola >>  NOVEMBRO Pub

Pub

Calendário de actividades agrícolas - Novembro - horta - pomar - campo - jardim - vinha - adega - animais  
 

Na horta
Preparar os talhões e os canteiros destinados às sementeiras e plantações de Primavera. As estrumações são indispensáveis.
Desbastam-se os nabais, aproveitando o produto do desbaste para dar ao gado.
Semear: alface, beterraba, cebola, chicória, tomates, couve galega, nabiças de grelo, nabo redondo, rabanetes, ervilhas, favas e salsa.
Proteger contra as geadas as plantas mais susceptíveis, com abrigos plásticos, esteiras, etc.

No pomar
Manter vigilância, nos pomares de macieiras e pereiras, contra eventuais ataques de ácaros, cachonilhas e formiga.

Executar, nos pomares de pessegueiros, logo que se tenha verificado a queda da folha, os tratamentos contra o crivado e a lepra.
Plantar: cerejeiras, pereiras, macieiras.

No campo
Proceder à abertura de valas, regos ou outras obras, que se considerem vantajosas para evitar a estagnação da água das chuvas.
Continuar a sementeira dos cereais de pragana (aveia, centeio, cevada, trigo) e de legumes (ervilha, fava).
Plantar batatas, nas áreas secas.

No jardim
Conservar o jardim limpo, procedendo à apanha da folhagem caída e aproveitando-a, juntamente com outros restos de plantas, ervas, detritos vários e cinzas, para o fabrico de "composto".
Podar roseiras e outros arbustos.
Depois de podadas pulverizam-se as roseiras com calda bordalesa a 1%.

Na vinha
Escavar para a retenção das águas das chuvas e das folhas caídas.
Abrir e limpar valas e regos para dar escoamento aos excessos de água durante o Inverno.
Plantar, em terra bem repassada pelas chuvas, barbados enxertados ou bravos.
Começar a podar nos sítios menos frios.

Na adega
Arejar a adega em dias calmos, para impedir o aparecimento de bolores ou maus cheiros, que podem tornar os vinhos defeituosos.
Inspeccionar as vasilhas que estão com vinho novo, que se transfega se já se apresentar limpo.
Atestam-se e abatocam-se as vasilhas.
Destila-se bagaço e água-pé, para obtenção de aguardente.

Animais
À base de feno, palha e grão, o gado bovino entra, em regime seco, devendo evitar-se uma brusca transição, a fim de fugir de perturbações digestivas.


<<<Outubro +++ Dezembro>>>
 

  Gosta da página? Partilhe!

Voltar ao menu

   
 

Obras de NOVEMBRO
conforme Avicena, in “Lunário Perpétuo”, de 1901

Neste mês se costumam lavrar os campos e terras que brotaram ervas inúteis, para que se percam e não tornem a nascer; limpar as árvores dos ressecos, estercá-las, e também as vinhas, as quais se podem muito bem plantar nas terras secas e quentes; deitar mergulhias, alporques e plantar alhos.

No minguante deste mês e do que vem, é tempo muito apto para fazer salmoiras, e cortar madeiras para obras.

Se neste mês se ouvirem os primeiros trovões, significam falta de gado ovelhum, abundância de trigo, andará bom o tempo, e choverá com proveito, suposto que as frutas cairão das árvores antes do tempo, nos lugares em que se ouvirem.

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster