Adágios sobre o S. Martinho | Provérbios populares

 

«Fazendo juz ao rifão “pelo S. Martinho, vai à adega e prova o vinho“, cumpre-se invariavelmente em Novembro o ritual dionisíaco do S. Martinho. É chegada a altura de inspeccionar os vinhos das últimas colheitas verificando se fermentaram como deviam. Mas é também tempo de magusto com castanhas assadas ou cozidas devidamente regadas com vinho novo, a água-pé e geropiga. Após as avés-marias, a taberna da aldeia adquire uma animação orgíaca muito peculiar que lhe é conferida pelo elevado número de fiéis que ali acorre enquanto o taberneiro, qual sacerdote dionisíaco que altivo se perfila por detrás da ara do balcão como se de um altar se tratasse, serve uma após outra sucessivas rodadas de verdasco numa inebriante comunhão eucarística. A taberna é nos nossos dias como que um templo dedicado a Baco onde o culto é praticado livremente pelos seus iniciados, embora expurgado dos excessos com que tais festins ocorriam ao tempo da Roma antiga.» Continuar a ler

Leia alguns dos muitos adágios e provérbios que o nosso povo criou sobre S. Martinho:

 

» No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.

» Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.

» Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.

» Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal.

» Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

» Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.

» Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.

» Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.

» Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano.

» Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.

» Pelo S. Martinho semeia favas e vinho.

» Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho.

» Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho.

» A cada bacorinho vem o seu S. Martinho.

» A cada porco vem o seu S. Martinho.

» Em dia de S. Martinho atesta e abatoca o teu vinho.

» Martinho bebe o vinho, deixa a água para o moinho.

» No dia de S. Martinho, come-se castanhas e bebe-se vinho.

» No dia de S. Martinho, mata o porquinho, abre o pipinho, põe-te mal com o teu vizinho. (sic.)

» No dia de S. Martinho, mata o teu porco, chega-te ao lume, assa castanhas e prova o teu vinho.

» No dia de S. Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.

» Pelo S. Martinho abatoca o pipinho.

» Pelo S. Martinho castanhas assadas, pão e vinho.

» Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

» O Sete-Estrelo pelo S. Martinho, vai de bordo a bordinho; à meia-noite está a pino.

» São Martinho, bispo; São Martinho, papa; S. Martinho rapa.

» Se queres pasmar o teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.

» Verão de S. Martinho são três dias e mais um bocadinho.

» Vindima em Outubro que o S. Martinho to dirá.

 

Se quiser, pode ficar a conhecer outros provérbios populares…